A terapia de integração psicodélica é projetada para auxiliar as pessoas na integração das emoções, novas perspectivas e percepções obtidas a partir de suas experiências psicodélicas e promover uma mudança positiva em seus padrões emocionais, comportamentais e mentais. Há algum tempo, o interesse no potencial terapêutico e medicinal das substâncias psicodélicas tem aumentado constantemente.

A terapia de integração psicodélica é uma psicoterapia única e uma ferramenta vital para o uso seguro de substâncias psicodélicas para cura, transformação e crescimento pessoal. Neste artigo, iremos levá-lo por tudo o que você deve saber sobre a terapia de integração psicodélica. Você aprenderá sobre seus benefícios, princípios e como ela auxilia na maximização dos benefícios de uma viagem psicodélica. Continue lendo para saber mais.

O que é a Terapia de Integração Psicodélica?

Uma das principais coisas a observar sobre as substâncias psicodélicas é que após uma viagem, há um período que você experimentará, durante o qual você se reexaminará e interpretará as percepções obtidas durante a experiência psicodélica. Examinar essas percepções permite que as pessoas as incorporem e as integrem facilmente em suas vidas. Esse período de introspecção pós-experiência psicodélica é também conhecido como integração.

A terapia de integração psicodélica é uma abordagem que fornece apoio a indivíduos que procuram compreender sua experiência psicodélica e também aplicá-la em suas vidas cotidianas. Essas experiências são desencadeadas por MDMA, LSD ou psilocibina, e geralmente causam uma grande mudança na consciência, emoções e percepções. No entanto, um ponto importante a observar é que, na ausência de um processamento adequado e orientação, compreender e integrar essas mudanças pode ser bastante difícil.

Basicamente, com a terapia de integração psicodélica, um indivíduo pode facilmente integrar as emoções, perspectivas e percepções obtidas de sua experiência, e o objetivo é promover mudanças positivas em seus padrões emocionais, comportamentais e mentais.

Princípios da Terapia de Integração Psicodélica

Para entender completamente a terapia de integração psicodélica, aqui está uma visão geral rápida de seu princípio chave:

  • Expressão Criativa: A música, a arte e outras expressões criativas são amplamente utilizadas na terapia de integração psicodélica. Isso é uma ferramenta para as pessoas explorarem e externalizarem facilmente as peculiaridades de sua experiência.
  • Auto-Reflexão e Mindfulness: A terapia também incentiva a auto-reflexão, incorporando técnicas de mindfulness. Essas práticas permitem que os indivíduos prestem atenção às suas emoções e pensamentos, para que possam obter uma compreensão mais profunda de si mesmos.
  • Abordagem Personalizada: As experiências psicodélicas geralmente têm variações individuais, e nem sempre são iguais para todos. É por isso que a terapia de integração psicodélica é principalmente adaptada para atender a objetivos, necessidades e personalidades específicos.
  • Aliança Terapêutica: Um dos aspectos importantes da terapia é a necessidade de uma aliança terapêutica entre o indivíduo e o terapeuta. Isso é para construir rapport e confiança para a exploração profunda de pensamentos e emoções.
  • Espaço Não-Julgar: A terapia oferece um espaço não-julgador e seguro para as pessoas compartilharem sua experiência psicodélica de forma tranquila e discutirem os desafios que enfrentaram.

Tipos de Integração Psicodélica

Existem diferentes abordagens que os profissionais utilizam para lidar com a integração psicodélica. É importante entender os diferentes tipos de métodos usados para a integração psicodélica, e essas abordagens incluem o seguinte:

Integração Emocional

Esta é uma prática que envolve explorar e reconhecer os sentimentos e emoções vivenciados durante uma experiência psicodélica. Com a ajuda de um profissional, você pode obter toda a ajuda de que precisa, especialmente quando se trata de se abrir emocionalmente. Você será capaz de expressar facilmente suas emoções a eles.

Vale a pena observar que as experiências psicodélicas oferecem insights sobre o estado emocional de um indivíduo. Também ajuda a reprimir algumas emoções que estão à tona. Com a ajuda de um profissional, você terá alguém para navegar facilmente por essas emoções.

Integração Somática

Em alguns casos, uma pessoa pode precisar de uma integração mais física durante todo o processo. Isso pode estar relacionado a percepções para aliviar o estresse ou para a saúde. Para aprimorar a integração e o processamento dessas percepções, o foco da integração somática está principalmente no corpo, nos sentimentos e sensações que surgem. Alguns exemplos comuns de integração somática incluem fazer yoga, fazer uma caminhada ou outros tipos de exercícios. Também pode incluir a criação de uma rotina de exercícios e segui-la com rigor. Em última análise, o objetivo é melhorar sua saúde mental e física.

Integração Psico-espiritual

Além das percepções emocionais e físicas, existem outras percepções que compõem uma combinação de extrospecção e introspecção. Basicamente, as experiências psicodélicas podem alterar como uma pessoa se percebe, seu entorno, as pessoas ao seu redor e até mesmo a sociedade. Isso faz com que as pessoas comecem a reavaliar o relacionamento que compartilham com essas coisas.

Outra coisa a observar é que uma viagem psicodélica tem o potencial de despertar sentimentos de espiritualidade e existencialismo, e todas essas coisas podem precisar ser integradas. Existem muitos tópicos introspectivos que a integração psico-espiritual ajuda a abordar.

Essa é uma integração que levará uma pessoa a fazer perguntas para obter percepções sobre quem são e o que desejam ser. Isso suscitará perguntas sobre seu propósito na vida e seus relacionamentos com os outros. Em última análise, o objetivo é que a pessoa se compreenda ainda melhor, e a terapia de integração ajuda a tornar isso alcançável.

Quanto Tempo Dura a Integração Psicodélica?

Existem muitos fatores que influenciam quanto tempo uma terapia de integração psicodélica levará. Isso inclui circunstâncias, objetivos, intenções e o indivíduo. Em alguns casos, as atividades de integração podem ser completadas rapidamente. Por exemplo, mudar a dieta, criar uma rotina de exercícios ou ligar para um parente para expressar amor à pessoa.

No entanto, também há atividades de integração que requerem um período mais longo. Isso geralmente inclui a integração para pessoas com temas mais profundos e introspecção que requerem um trabalho detalhado de um terapeuta. Um ponto importante a entender é que a integração geralmente é um processo contínuo e ao longo da vida, e isso se deve ao fato de que as pessoas estão em constante mudança.

Lidar com emoções mais profundas, como o luto, também leva muito tempo e pode ser igualmente ao longo da vida. Portanto, o ponto fundamental a ter em mente é que o tempo de integração varia. No entanto, o processo nunca deve ser apressado, independentemente das circunstâncias.

Benefícios da Terapia de Integração Psicodélica

  • Recuperação da Dependência: A terapia provou ser eficaz no gerenciamento de pessoas com condições relacionadas à dependência.
  • Melhoria nos Relacionamentos: A terapia de integração permite que as pessoas tenham clareza sobre suas experiências e emoções, e isso resulta em uma melhoria significativa em como se relacionam com os outros.
  • Aumento da Autoconsciência: Porque a terapia oferece insights sobre complexidades da vida e o eu interno, é ótima para o crescimento pessoal e o aumento da autoconsciência.
  • Crescimento Espiritual: Como mencionado anteriormente, as experiências psicodélicas também têm dimensões espirituais, e a terapia de integração torna possível que as pessoas naveguem pelas percepções espirituais que obtêm.

Outros benefícios incluem um aumento da criatividade e a capacidade de processar sentimentos de depressão. A conclusão é que a terapia de integração psicodélica é importante para qualquer tipo de experiência psicodélica e não deve ser negligenciada.